Assembleia Legislativa

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Rubens Júnior é o campeão de gastos entre os deputados federais

Rubens Júnior é o campeão de gastos entre os deputados; Waldir Maranhão foi o que menos gastou em 2018
Diego Emir - No primeiro mandato como deputado federal, Rubens Pereira Júnior (PCdoB) foi o campeão de gastos entre os maranhenses no ano de 2017. O comunista gastou mais de meio milhão – R$ 502.380,22 – com cota parlamentar. No acumulado desde 2015, já são quase R$1,5 milhão em restituições em favor do único representante do partido do governador Flávio Dino.

Em resposta ao levantamento, Rubens respondeu que em um levantamento paralelo que o próprio faz, ele não está nem entre os três primeiros que mais gastam. Mas ainda assim explicou que todos seus gastos são “regulares e tem transparência, e o que deve ser avaliado é a produtividade do deputado”.

A assessoria de Rubens Júnior explicou que deve ser levado em conta o valor gasto entre fevereiro/17 e janeiro/18, uma vez que o ano legislativo foi iniciado em fevereiro de 2015, portanto não considera justo o levantamento. Ainda foi destacado que ele tem alto grau de produtividade.

Levando em conta esse critério, Rubens gastou R$499.653,54 de fevereiro de 2015 a janeiro de 2016; R$513.352,81 de fevereiro de 2016 a janeiro de 2017 e R$464.779,38 de fevereiro de 2017 a janeiro de 2018, lembrando que o primeiro mês desse ano está incompleto.

Seguindo de Rubens Pereira Júnior estão entre os mais gastadores os também estreantes Hildo Rocha (MDB) com R$501.328,52 e Luana Costa (PSB), R$ 498.749,16. Os dois foram procurados, mas não responderam aos questionamentos.

Enquanto isso na outra ponta, Waldir Maranhão foi o mais econômico e o que menos gerou despesas ao poder público. O pré-candidato ao Senado consumiu R$248.400,62, valor muito inferior em relação aos demais que tiveram suas coatas parlamentares oscilando entre R$460 mil e R$500 mil.

Confira o ranking: 1º – Rubens Júnior – PCdoB – R$502.380,22; 2º – Hildo Rocha – MDB – R$501.328,52; 3º – Luana Costa – PSB – R$498.749,16; 4º – Victor Mendes – PSD – R$492.892,95; 5º – Pedro Fernandes – PTB – R$491.434,62; 6º – Júnior Marreca – PEN – R$490.633,58; 7º – João Marcelo  – MDB – R$489.992,69; 8º – Juscelino Filho – DEM – R$489.440,93; 9º – Weverton Rocha – PDT – R$478.885,67; 10º – Aluísio Mendes – Podemos – R$476.218,58; 11º – Eliziane Gama – PPS – R$473.816,49; 12º – André Fufuca – PP – R$469.514,46; 13º – Alberto Filho – MDB – R$466.509,94; 14º – Cléber Verde – PRB – R$461.567,10; 15º – Zé Reinaldo Tavares – SEM PARTIDO – R$461.230,55; 16º – Zé Carlos – PT – R$397.154,21; 17º – Deoclides Macedo – PDT – R$299.476,49; 18º – Waldir Maranhão – Avante – R$248.400,62.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com