Assembleia Legislativa

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Chapadinha: gestão Magno Bacelar na mira do Ministério Público

O MP também instaurou um inquérito específico para o vice-prefeito de Chapadinha, Talvane Hortegal
Pelo menos dois contratos realizados pela gestão do prefeito de Chapadinha, Magno Bacelar estão na mira do Ministério Público (MP), o primeiro é sobre locação de veículos e o segundo diz respeito a realização do Carnaval 2017 e o aniversário da cidade no mesmo ano. Quem também motivou a abertura de um Inquérito Civil foi o vice-prefeito de Chapadinha, Talvane Hortegal.

O primeiro "com o objeto de apurar eventuais irregularidades na contratação dos serviços de Locação de Veículos pelo Município de Chapadinha, para atendimento de suas diversas Secretarias", motivou a abertura do Inquérito Civil nº 06/2017. Segundo o MP, houve a necessidade de outras diligências investigatórias que ultrapassarão o prazo da Notícia de Fato nº 039/2017 - 1ª PJC/MA.

Já o segundo Inquérito Civil nº 08/2017 tem “o objeto de apurar eventuais irregularidades na contratação de empresas para realização do Carnaval de Chapadinha 2017 e o aniversário da cidade de Chapadinha de 2017.

Caso do vice-prefeito

O MP também investiga o vice-prefeito Talvane Hortegal. “Com o objeto de apurar eventual acumulação indevida de cargos públicos pelo vice-Prefeito de Chapadinha/MA, Talvane Ribeiro Ortegal e a suposta realização de negócio jurídico (locação de imóvel) entre este e o município de Chapadinha/MA”, o Ministério Público converteu a Notícia de  nº 045/2017 - 1ª PJC/MA no Inquérito Civil nº 07/2017 por necessidade de outras diligências investigatórias.

Todos esses três inquéritos civis foram instaurados pela Primeira Promotoria de Justiça de Chapadinha que tem como titular o promotor Douglas Assunção Nojosa. Já as denúncias segundo apurou o Blog do Ludwig partiram do vereador Alberto Carlos Pereira Junior, o Alberto Carlos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com