Assembleia Legislativa

domingo, 26 de novembro de 2017

Solidariedade quer vaga de senador ou vice-governador na chapa de Flávio Dino

“O Solidariedade pleiteia uma vaga no Senado ou para vice-governador. Temos trabalho para isso e vamos à luta”, afirmou Simplício Araújo
Em mais um evento do Solidariedade (SD), realizado sexta-feira (24), na cidade de Grajaú, o presidente estadual da sigla, Simplício Araújo, voltou a afirmar que o partido pretende pleitear uma vaga para o Senado ou para vice-governador na chapa de Flávio Dino (PCdoB), mas eleições do próximo ano.

“O Solidariedade pleiteia uma vaga no Senado ou para vice-governador. Temos trabalho para isso e vamos à luta”, afirmou.

Araújo, que ocupa o cargo de secretário estadual de Indústria, Comércio e Energia, ressaltou que o partido, que faz parte da base aliada do Governo, tem atuação importante na gestão estadual e que, mesmo com pouco tempo no Maranhão, já ganhou papel de destaque no cenário político local.

Durante evento, que contou com a presença de várias lideranças políticas, o presidente do Solidariedade de Grajaú, Dr. Júlio César, que é secretário Municipal de saúde, reforçou a força que o partido ganhou nos últimos tempos.

“Essa reunião hoje, com a presença do nosso presidente estadual, reforça que precisamos falar sobre política. Nosso presidente tem uma pasta importante no Governo e tem reforçado nosso partido”.

Resgate da política

Nos últimos tempos, o cenário político vem sofrendo com uma forte crise diante da atual conjuntura do país. Com isso, grande parte da população vem perdendo o interesse pela política, destacou Simplício Araújo.

“Precisamos pensar em política, necessitamos voltar a gostar de política. Eu gosto e faço política por vocação e acredito que podemos transformar esse cenário, voltar a termos bons políticos que pensem no bem estar social e não usem cargo público para se proteger dos maus feitos”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com