Assembleia Legislativa

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Poeta e escritor caxiense Salgado Maranhão recebe título de Doutor “Honoris Causa”

Poeta Salgado Maranhão foi homenageado pela UFPI com o Título de Doutor Honoris Causa
O poeta e escritor José Salgado Santos (Salgado Maranhão) recebereu o título de Doutor "Honoris Causa" da Universidade Federal do Piauí (UFPI), em solenidade realizada na manhã desta segunda (13), no Cine Teatro da UFPI, presidida pelo Presidente do Conselho Universitário (CONSUN) e Reitor da UFPI, Prof. Dr. José Arimatéia Dantas Lopes. A Vice-Reitora, Profa. Dra. Nadir Nogueira, esteve presente na solenidade. “O poeta Salgado Maranhão, apesar de não ser piauiense, viveu parte de sua vida aqui em Teresina e é um exemplo para muita gente, ele foi alfabetizado aos 15 anos, isso mostra que quando se tem determinação, vontade e corremos atrás, conseguimos realizar os sonhos e atingir os objetivos. É uma honra entregar a essas personalidades o título de Doutor Honoris Causa que foi concedido de forma plena pelo CONSUN”, declarou o reitor Dr. José Arimatéia Dantas Lopes.

O título de Doutor “Honoris Causa” ao poeta, escritor, jornalista, consultor cultural e compositor (letrista) José Salgado Santos (Salgado Maranhão) teve a concessão autorizada pelo CONSUN em 29 de maio de 2017, por proposição do Prof. Dr. José Renato de Araújo Sousa, do Departamento de Fundamentos da Educação. A concessão é prova do reconhecimento da UFPI pela relevante e renomada produção artística, o que consiste num inegável contributo à cultura piauiense e nacional.

“A ideia partiu no momento que eu vi a contribuição cultural do Salgado Maranhão aqui para o Piauí. É como se ele fosse um embaixador da cultura, trazendo pessoas mais renomadas em várias áreas e fazendo com que essas pessoas se aproximem do público piauiense, contribuindo com sua obra, palestras e conferências, então, percebi que isso era muito importante com a realização do SALIPI. A outra coisa é a qualidade estética da obra que ganha cada vez mais relevância internacional. Em 2012, ele esteve nos Estados Unidos e visitou mais de 50 universidades dando conferência sobre sua obra, é um feito muito importante para o poeta e para nós, porque enaltece a grandeza da língua portuguesa”, informou o professor José Renato.

Salgado Maranhão começou o seu discurso com poesia. De forma literária, contou a história do menino que nasceu no Maranhão e ganhou o mundo com suas obras. O poeta premiado já esteve em mais de 80 universidades americanas como conferencista. A obra do maranhense é estudada há mais de 20 anos nas melhores e maiores universidades americanas. “Isso é fruto de uma trajetória em que não é fácil, não estava esperando por isso, mas foi acontecendo, minha poesia foi descoberta, ganhei prêmios importantes, como o Jabuti duas vezes, isso tudo soma para que eu possa ser reconhecido pelo mundo acadêmico americano. E uma vez já tendo ido a esses espaços, sendo solicitado por essas universidades, cada vez mais as coisas vão aumentando. Somente eu e o Carlos Drummond temos dois livros traduzidos para o inglês e meus poemas saíram em 45 revistas literárias americanas”, frisou o escritor e poeta. As informações são da UFPI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com