Assembleia Legislativa

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Diretório nacional acata intervenção no PSDB do Maranhão

Diretório nacional acata intervenção e PSDB local prepara-se para guerra judicial
PSDB nacional confirmou intervenção e saída de Brandão do comando é questão de tempo. Mas ele promete resistência. “Vamos à justiça”, diz
A guerra, de fato, começou no PSDB do Maranhão. Carlos Brandão, vice-governador e presidente estadual, prepara uma batalha judicial para se manter à frente da legenda. Mas não vai ser fácil. Segundo apurou, a cúpula nacional já interviu no diretório estadual. Acatou o pedido do ex-prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira. O objetivo é destituir Brandão, aliado do governador Flávio Dino (PCdoB), e alinhar a legenda ao projeto do senador Roberto Rocha, que sonha em ser candidato a governador do Maranhão. E isso é questão de tempo. A informação é do jornal O Imparcial.

“Já fizemos todos os processos administrativos, políticos e agora o terceiro é jurídico. Vai ser uma guerra. E estamos preparados”, defende-se Brandão. Madeira ataca: “Este PSDB que tem hoje no Maranhão não serve para o PSDB Nacional. É um PSDB que está atrelado ao comunismo, e o conselho que dou é: o membro do PSDB que quer apoiar Flávio Dino, o lugar não é no PSDB, que vá para PT, PCdoB, PDT”.

O racha pelo qual passa PSDB hoje foi desenhado há meses, desde que o senador Roberto Rocha, esvaziado no PSB, começou a negociar sua transferência para o ninho tucano. Com bom trânsito na cúpula nacional, querido por Geraldo Alckmin, governador de SP, Rocha uniu o útil ao, agradavelmente, conveniente. E ofereceu, pelo menos, três vantagens ao PSDB nacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com