Assembleia Legislativa

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Chapadinha: prefeito Magno Bacelar é alvo de investigação do MP

MP investiga contrato de R$ 10,3 milhões da prefeitura de Chapadinha com a empresa Convicta Cooperativa de Trabalho e Serviços
A administração do prefeito de Chapadinha, Magno Bacelar (foto) passa a ser alvo de uma investigação da 1ª Promotoria de Justiça no município que tem à frente o promotor Douglas Assunção Nojosa. O titular da Promotoria de Justiça de Chapadinha instaurou nesta última segunda-feira (25) o Inquérito Civil nº 05/2017 através da Portaria nº 05/2017 - 1ª PJC/MA.

O inquérito diz que Ministério Público (MP) recebeu informações sobre um contrato realizado entre a prefeitura de Chapadinha e a empresa Convicta Cooperativa de Trabalho e Serviços. “CONSIDERANDO as informações chegadas a esta Promotoria de Justiça através do OFC-CAOP-PROAD – 1032017, encaminhando cópia de Representação formulada pelo Ministério Público de Contas junto ao Tribunal de Contas do Estado do Maranhão, em razão de irregularidades na contratação da empresa Convicta Cooperativa de Trabalho e Serviços pelo município de Chapadinha – MA”, diz o documento do MP.

“RESOLVE, 1-) Instaurar Inquérito Civil para apuração de eventuais ilícitos civis e/ou administrativos pelo Prefeito de Chapadinha, Magno Augusto Bacelar Nunes, ao terceirizar e contratar a empresa Convicta Cooperativa de Trabalho e Serviços”, informa ainda o inquérito civil.

Contrato

Segundo apurou o Blog do Ludwig, a empresa Convicta Cooperativa de Trabalho e Serviços possui pelo menos três contratos na gestão do prefeito Magno Bacelar que somados chegam a R$ 10.379.997,60 milhões, de números 059/2017, 0061/2017 e 062/2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com