Assembleia Legislativa

terça-feira, 15 de agosto de 2017

“O cachorro pode e o vereador não”, diz vereador ao ser impedido de entrar numa UBS

Anderson Pêgo: “Vereador tem menos moral do que cachorro na administração Leitoa”
Vereador do lado de fora da UBS e cachorro dentro...
Na sessão desta segunda-feira (14), o vereador Anderson Pêgo (PRB) denunciou na tribuna da Câmara que foi impedido de entrar na Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Parque Alvorada em Timon. "Eu não ia nem fiscalizar a Unidade nesse dia, mas, a população chamou. O vigia abre a Unidade Básica de Saúde todo mundo entra e quando eu vou entrar o vigia coloca a mão no meio peito e diz, você não pode entrar! Por que? Eu não sou povo? Não, mas, você é vereador. Quer dizer que um vereador não pode entrar numa repartição pública porque é vereador?”, denunciou Pêgo.

"Aí meus amigos, eu vi um cachorro lá dentro! Na recepção da Unidade Básica de Saúde tinha um cachorro! Um cachorro pode entrar e o vereador não pode entrar. Vereador tem menos moral do que cachorro na administração Leitoa. Então meus amigos, chegou a coordenadora do posto, uma pessoa até amável, afável, educada e agora não estou recordando o nome dela e permitiu que eu entrasse. Depois de meia hora no sol quente lá fora ela permitiu que eu entrasse”, disse o vereador Anderson Pêgo.

O parlamentar timonense disse que ainda apareceu uma supervisora na UBS pedindo que não mostrasse nada para ele. "Aí vem uma supervisora, porque tem cargo pra tu, tem vigia, tem a coordenadora aí veio a supervisora desceu do carro gritando... Não mostre nada pra ele, ele só pode entrar aqui com autorização judicial. Aí eu perguntei, supervisora você conhece a Lei Orgânica do Município? Você não é fiscal! Ela enfatizou isso aí. O vereador não está servindo mesmo pra nada, por que? Não pode entrar, cachorro entra e vereador só pode olhar alguma coisa se for com autorização judicial”, frisou.

Denúncia

Esse caso exposto pelo vereador do PRB será denunciado à Comissão de Educação, Cultura, Saúde, Assistência Social e Trabalho (Cecsast), da Câmara de Timon que tem como presidente o vereador Dr. Tuá. "Vereador Tuá, que eu já disse várias vezes que é o nome mais qualificado para ser secretário de Saúde dessa cidade, vou fazer uma representação direta ao presidente da Comissão para que ele apure as intransigências. Porque está difícil, nós vereadores já somos a parte da classe política que é mais cobrada, que é mais chacoteada pela população hoje... E quando nós queremos fazer nosso trabalho coloca a mão no seu peito e diz, você não pode entrar porque você é vereador. E tinha um cachorro lá dentro, tá difícil!”, denunciou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com