Assembleia Legislativa

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Denúncia contra a APAE de Caxias chega à Câmara de Vereadores

Denúncia contra a APAE chega à Câmara de Vereadores de Caxias

Jerônimo que Ministério Público no caso
A Câmara de Vereadores de Caxias foi comunicada pela Secretaria de Saúde do Município sobre denúncia, junto ao Departamento de Ouvidoria, de uma usuária quanto aos serviços prestados pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Caxias (APAE). O assunto foi debatido pelos edis.

“Vamos requisitar ao Ministério Público que vá até à residência requisitar o nome desse paciente, para realmente saber se esse paciente não está sendo atendido. Agora, num universo de 550 pacientes, um único paciente foi encontrado. Eu até parabenizo a Secretaria pela agilidade de ter usado todos os meios, mas temos como provar, porque nenhum paciente da APAE sai sem assinar o seu prontuário”, manifestou o vereador Jerônimo (PMN).

Na ocasião, Durval Júnior (PSB) fez um alerta para o vereador Jerônimo. “Se prepare para o que está vindo aí! E eu estou torcendo para que vossa excelência seja inocente e que saia ileso dessa investigação e auditoria”, disse.

“Quando se fala de uma denúncia num universo de 500 ou mil pessoas atendidas, a partir de uma denúncia, se faz o levantamento em torno de tudo que está ocorrendo. É claro que, se vermos uma possível irregularidade, é de bom alvitre que a administração pública procure nas periferias daquela denúncia, se há outros inconvenientes, ou outras coisas que possam detectar ser problema ou desvio de conduta de qualquer instituição, seja ela privada, pública ou, no caso da APAE, uma instituição filantrópica”, frisou Sargento Moisés (PSD).

Ofício

A denúncia foi apresentada por meio de ofício no expediente do dia da sessão de segunda-feira (5). De acordo com o comunicado, o caso dificulta ainda mais no repasse de recursos feitos pela Secretaria de Saúde à APAE. No informe, a secretária de Saúde, Socorro Melo, enfatiza que o fato  “aumenta o respaldo desta Secretaria na retenção dos repasses financeiros inerentes à sua atual habilitação para vosso conhecimento e adoção de medidas cabíveis”.

A pasta municipal informou, conforme medidas executadas pelo Departamento de Controle e Avaliação, “que já acionou o Departamento Municipal de Auditoria, que juntos, estão equacionando os problemas detectados, e ainda, o encaminhamento desta demanda à Promotoria Pública da Comarca de Caxias”. (Com informações da Câmara de Caxias)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com