Assembleia Legislativa

sábado, 13 de maio de 2017

Remarcada ida de Adelmo Soares à Assembleia Legislativa

Adelmo Soares já avisou que não irá na Assembleia Legislativa na próxima semana.

Jorge Aragão - O secretário de Agricultura Familiar do Governo Flávio Dino, Adelmo Soares, que foi convocado pelos deputados estaduais para uma Sessão Extraordinária na terça-feira (16), às 11h, já avisou que não irá comparecer.

Adelmo Soares tem sido acusado, inclusive por parlamentares, de utilizar o cargo para se promover publicamente. Alguns deputados afirmam ainda que Adelmo Soares será candidato nas eleições de 2018 e estaria supostamente utilizando a estrutura e projetos da Secretaria de Agricultura Familiar para viabilizar sua candidatura. Na sessão para que foi convocado, Adelmo Soares terá, entre outras coisas, que apresentar documentos sobre as ações desenvolvidas pela sua pasta, desde o fornecimento e entrega de kit’s a prefeituras e entidades em todo o Maranhão.

Só que nesta sexta-feira (12), Adelmo Soares encaminhou ofício para a Assembleia Legislativa informando que como tem compromissos em Brasília na data marcada, não poderá estar presente na próxima terça-feira no parlamento estadual.

A informação revoltou boa parte dos deputados estaduais, que se sentiram desrespeitados pelo procedimento adotado pelo secretário Adelmo Soares. Por conta disso, a Assembleia Legislativa não perdeu tempo e confirmou uma nova data para a Sessão Extraordinária.

A nova data, que atenderá a convocação de Adelmo Soares, será no dia 23 de maio, também uma terça-feira. Resta saber se o secretário continuará fugindo, como o Diabo foge da Cruz.

Adelmo Soares foi o primeiro secretário do Governo Flávio Dino a ser convocado pela Assembleia Legislativa. A convocação foi solicitada pelo deputado Júnior Verde (PRB) e foi aprovada em Sessão Ordinária comandada pelo deputado Fábio Macedo (PDT), curiosamente dois parlamentares pertencem a base governista e integrantes do maior bloco da Assembleia, o Bloco Parlamentar Unidos Pelo Maranhão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: ludwigalmeida@hotmail.com