Assembleia Legislativa

sexta-feira, 17 de março de 2017

Tem até piruliteiros em contratos de R$ 1,4 milhão da Casa Civil com buffet

Dispêndio com objeto contraria discurso de corte de gastos supérfluos na máquina pública
A Casa Civil do governo Flávio Dino, do PCdoB, incluiu até mesmo o fornecimento de piruliteiros nos gastos de dinheiro público com a contratação de serviços de cerimonial e buffet.

Desde janeiro de 2015, a pasta é comandada pelo ex-deputado estadual Marcelo Tavares. Ele é sobrinho do deputado federal e ex-governador do Maranhão, José Reinaldo (PSB).
O ATUAL7 teve acesso a todos os três contratos já firmados por Marcelo. Os dois primeiros, entre 2015 e 2016, foram celebrados com a Visão Perfil Assessoria Eventos e Serviços Ltda, dos empresários Jorim Wanderley Ithamar e Renata Wanderley Ithamar. Já o deste ano, quem levou foi a empresa Orienta Consultoria Comércio e Serviços Ltda, conhecida no mercado como Orienta Consultoria e Marketing, de propriedade de Fernando Tajra Vasconcelos e Sérgio Tajra Vasconcelos.


Além dos piruliteiros e serviços como almoços, jantares, brunch e coqueteis, as contratadas se comprometeram a fornecer tapetes, mestres de cerimônia e guias de turismo para a Casa Civil realizar seus eventos. Há ainda o fornecimento de carpinteiros, passadeiras e até mesmo de mobiliários como sofás e puffs.

Marcelo Tavares foi procurado pelo ATUAL7 para comentar a necessidade do dispêndio da verba pública com os objetos e com os serviços de cerimonial, já que o Palácio dos Leões possui em sua estrutura administrativa o Cerimonial do governador, mas não enviou resposta.

Durante a campanha eleitoral de 2014 e no discurso de posse de Flávio Dino, uma das principais bandeiras defendias pelo comunista era o corte de gastos supérfluos na máquina pública.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com