Assembleia Legislativa

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Advogado Catulé Júnior quer realização do exame da OAB em Caxias

Advogado Catulé Júnior; presidente da OAB Nacional, Cláudio Lamanchia; presidente da OAB-MA, Thiago Diaz e o conselheiro federal, Luís Gueterres
O advogado caxiense e conselheiro federal da OAB, Catulé Júnior juntamente com outros membros da Ordem solicitaram oficialmente nesta terça-feira (08) junto ao Conselho Federal do órgão a realização da prova do Exame no município de Caxias. Atualmente, o exame da OAB é realizado apenas em São Luís e Imperatriz.

O requerimento enviado ao Conselho Federal da OAB, formulado em conjunto com o advogado Catulé Júnior, elenca uma série de motivos com base em estudos realizados pela Comissão de Estágio e Exame da Ordem da OAB-MA que justificam a realização do exame em Caxias. O documento foi entregue pela comitiva da Seccional Maranhense composta pelos Conselheiros Federal da OAB-MA, Catulé Júnior, e Luís Augusto Guterres Filho, pelo procurador nacional das prerrogativas do Conselho Federal da OAB, Charles Dias, Conselheiro Estadual, José Fernandes, e o presidente da OAB-MA, Thiago Diaz.

"A realização do exame de ordem em Caxias corrigirá uma lacuna que há muito tempo é almejada pela comunidade acadêmica e examinandos de toda região”, disse o advogado Catulé Júnior.
Os conselheiros federais Agenor Dourados, Charles Dias e Catulé Júnior
Já o presidente da OAB-MA, Thiago Diaz destacou que “Será uma conquista para todos, pois é a extensão de um serviço prestado pela Ordem, por meio da subseção, e também ao candidato, que passará a ter maior conforto e comodidade, evitando o seu deslocamento”.

A Subseção de Caxias possui mais de 350 advogados inscritos. Localizado a cerca 400 quilômetros da capital São Luís e a 700 km de Imperatriz, o município de Caxias conta com duas faculdades de direito e está próximo de outras importantes cidades sedes de subseções, como Timon, Codó, Presidente Dutra, Barra do Corda e São João dos Patos.

(Com informações da OAB-MA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com