Assembleia Legislativa

sábado, 22 de outubro de 2016

Prefeito eleito de Imperatriz, Assis Ramos, espera de Flávio Dino relação republicana

O prefeito eleito de Imperatriz, Assis Ramos (PMDB), o Delegado Assis, disse nesta quinta-feira (20), em entrevista a Maranhão Hoje, que espera manter com o governador Flávio Dino (PCdoB) uma relação republicana, pois, mesmo tendo, o chefe do Executivo Estadual, feito campanha aberta para sua adversária Rosângela Curado (PDT), não acredita que a derrota impeça de ajudar a prefeitura do município, “e de nenhum outro”.

Assis Ramos diz que não chegou a sofrer algum tipo de perseguição por parte do Estado durante a campanha, apenas registra que não faltou empenho por parte do governador e de sua equipe para elegerem Curado prefeita. Passada a eleição, espera que continue dando o mesmo tratamento a Imperatriz, que é a segunda mais importante cidade do estado. 

Indagado porque o governador, que teve uma grande votação no município em 2014, não conseguiu transferir votos para sua candidata, Assis disse que o povo de Imperatriz esperava muito do governador e ficou frustrado também com sua atuação contra o impeachment e pesa também o rigor da fiscalização fazendária que tem deixado os comerciantes temerosos, principalmente num momento de crise como esse. “Não acho errado ele cumprir a lei, mas é preciso agir com cautela para não sacrificar quem movimenta a economia, gera empregos...”

Apesar de alguns institutos de pesquisa o colocarem sempre em terceiro lugar (apenas uns se arriscavam em lhe dar o segundo lugar) , Assis Ramos disse que sempre teve convicção da vitória, pois sentia isso nas ruas. Para ele, a prisão do Major Jenilson Lindoso, apesar de ter contribuído, não foi determinante para sua vitória, até porque “se admitisse isso estaria menosprezando todo o trabalho feito ao longo da campanha”.

Assis Ramos acha que a prisão do major foi uma precipitação, mas não acredita que tenha sido uma determinação do governador, que teria apenas sido surpreendido com a decisão do Comando da PM.

Ações – O prefeito eleito disse que as primeiras medidas após a posse vão ser no sentido de melhorar a paisagem urbana de Imperatriz, principalmente a entrada pela via rodoviária, pois causa má impressão a quem visita a cidade. 

Assis Ramos promete não cair em tentação para mudar de legenda para ser bem tratado pelo Palácio dos Leões, como fizeram muitos prefeitos eleitos por outros partidos em 2012,  pois sabe que seus maiores apoios virão de Brasília. “Temos dois senadores – Edison Lobão e João Alberto – e o presidente da República, e com certeza vamos ser bem tratados”, aposta.

Além das questões urbanísticas, pretende dar solução aos problemas de mobilidade urbana, melhorar os serviços de saúde e educação, fortalecer o comércio, pois, através dele, pode gerar mais empregos e aumentar a arrecadação municipal.

Imperatriz, segundo o prefeito Assis Ramos tem um orçamento de cerca de R$ 700 milhões, e ele acha que esse montante é suficiente para gerenciar bem o município, bastando para isto cortar desperdícios e não deixar haver corrupção no serviço público. (Maranhão Hoje)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com