Assembleia Legislativa

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

De volta a Assembleia, Eduardo Braide eleva o tom contra o Governo Flávio Dino

De volta ao parlamento, Eduardo Braide eleva o tom contra o Governo Dino na Assembléia e reclama do governador do uso desleal e antidemocrático das máquinas públicas na campanha.

Martin Varão - O deputado Eduardo Braide(PMN) fez um discurso muito duro hoje contra o Governo Flávio Dino(PCdoB) na sua volta aos trabalhos depois da eleição em São Luís. Apesar de ter sido a grande surpresa da disputa majoritária da capital, onde saiu de um patamar de 2% e obteve quase  250 mil votos, Braide reclamou  do tratamento desleal que teve por parte do governador na eleição.

Eduardo Braide fez duas reclamações pontuais. A primeira foi o uso de forma eleitoreira da TV Difusora, segundo ele arrendada pelo PDT, através do deputado federal Wewerton Rocha(PDT).

“Eu vi políticos que levantaram a voz um tempo atrás para condenar a participação de sistemas de comunicação na política, mas esses mesmos políticos hoje, quando saírem nas ruas, têm que abaixar a cabeça, porque não têm mais moral para condenar os atos que outrora foram realizados, porque fizeram pior agora”, enfatizou.

Com esse discurso duro contra o governo, Braide deve é inaugurar um novo momento nas relações executivo/legislativo na Casa do Povo. O candidato do PMN reclamou que teve que enfrentar duas máquinas poderosas Governo e Prefeitura. Segundo ele uma força descomunal e antidemocrática num processo eleitoral.  Nesse ponto o recado foi direto para o comunista governador Flávio Dino.

“Esses políticos que tanto condenaram o uso da máquina pública têm que abaixar a cabeça agora, porque as máquinas foram utilizadas de maneiras descaradas. A máquina municipal e a máquina estadual. Tive contra mim não só essa emissora, que trabalhou todos os dias para desconstruir a minha imagem, mas as duas máquinas da Prefeitura Municipal de São Luís e do Governo do Estado, que trabalharam dia e noite com fins absolutamente explícitos”. finalizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com