Assembleia Legislativa

domingo, 23 de outubro de 2016

Apae de Caxias recebe mais de R$ 2 milhões de aporte federal

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) do município de Caxias recebeu R$ 2,5 milhões para investimentos no cuidado das crianças excepcionais. O recurso foi destinado a partir de Portaria do Ministério da Saúde assinada pelo secretário executivo do órgão federal, Antônio Nardi, e pelo governador do Maranhão, Flávio Dino. A contrapartida federal permitirá amplo acesso aos serviços e não deixará brechas de atendimentos a quem precisa de assistência especial.

A presidente da Apae de Caxias, Milka Bastos, comemorou a chegada do recurso federal em um momento de dificuldade generalizada na saúde pública brasileira e destaca a preocupação do governo estadual em manter em pleno funcionamento os serviços da Apae. “Não é fácil manter uma associação como esta em funcionamento, são gastos constantes que são revertidos no bem-estar de diversas crianças caxienses que recebem nossos cuidados. O recurso será bem empregado e veio em boa hora”, afirmou Milka.

Para o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, o modelo anterior na área era contrário ao Sistema Único de Saúde (SUS) e impossibilitava o aporte de recursos federais. “O Maranhão está fazendo sua parte, o que nunca foi feito. Enquanto outras regiões estão fechando as portas de alguns serviços, nós estamos garantindo o atendimento e, mesmo em momento de crise, apostando na ampliação dos serviços de saúde à população”, destacou o titular da SES.

O prefeito Leo Coutinho considera o aporte de recurso federal um alívio para as contas municipais. “O público da Apae vê com bons olhos este montante de recurso vindo do Ministério da Saúde. As crianças e adolescentes especiais não estão esquecidos nem na esfera municipal, nem na federal e nem na estadual. São sempre lembrados na forma de incrementos financeiros que geram melhor oferta de atendimento”, afirmou o prefeito. Ele destacou que a medida possibilita a ampliação de serviços e melhoria do acesso da população aos serviços de saúde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com