Assembleia Legislativa

sábado, 20 de agosto de 2016

Com medo da polícia, PT extingue cargo de tesoureiro

Partido decide acabar com o cargo que levou 3 petistas à prisão
Partido vai acabar com o cargo para não ter mais tesoureiros presos
Temendo a rebordosa das urnas e principalmente a Polícia Federal na porta, o ex-presidente Lula e a cúpula do PT resolveram tomar uma atitude para “evitar escândalos”: extinguir o cargo de Tesoureiro. Ainda não está claro como as finanças do partido serão administradas. A ideia de extinguir o cargo veio da dificuldade de encontrar quem aceite assumi-lo. Os três últimos tesoureiros do PT acabaram na cadeia. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Ao extinguir o cargo de Tesoureiro, o PT lembra a velha piada em que o sofá é culpado pela traição. No caso, o PT joga o sofá pela janela.

A decisão de extinguir o cargo de Tesoureiro só pode ser adotada em convenção nacional do PT que só deve ocorrer em 2017.

Já foram Tesoureiro Nacional do PT os presidiários Delúbio Soares, Paulo Ferreira e João Vaccari Neto.

Uma outra proposta, da facção Mensagem ao Partido, do ex-ministro Tarso Genro, tenta articular a mudança de denominação do PT.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários não representam a opinião deste blog. Os comentários anônimos não serão liberados. Envie sugestões e informações para: blogdoludwigalmeida@gmail.com